Mente 31 minutos de leitura

O guia completo dos 7 Chakras para iniciantes

by Mindvalley December 5, 2019

Todo o universo é feito de energia e o seu corpo não é uma exceção. Os 7 chakras desempenham um papel importante no equilíbrio e na saúde dos nossos corpos.

Muito antes da tecnologia moderna e da ciência, culturas antigas sabiam que todas as coisas vivas carregavam uma força vital com elas. Eles chamaram os centros de energia que se movem dentro de nós de os sete chakras.

Então, quais são esses 7 chakras? É isso que iremos explorar neste artigo.

Chakra é uma velha palavra do sânscrito que significa literalmente roda.

Isso é porque a força vital, ou prana, que se move dentro de você está girando e rodando. A energia giratória tem sete centros no seu corpo, começando na base da sua espinha e se movendo por todo o caminho até o topo da sua cabeça.

Em uma pessoa saudável e equilibrada, os sete chakras fornecem o equilíbrio exato de energia para cada parte de seu corpo, mente e espírito.

Mas se um dos seus chakras girar muito rápido, for bloqueado ou se mover muito devagar, a sua saúde vai sofrer.

Aprendendo sobre seus sete chakras, você entrará em maior sintonia com os ciclos de energia natural do seu corpo.

Você pode usar essa informação para conectar os desequilíbrios físicos, emocionais e espirituais com os chakras que os fortalecem. E com essas descobertas você pode começar a equilibrar seus chakras e ter uma vida saudável e harmoniosa.

Os 7 chakras para iniciantes


Antes de mergulhar nos sete chakras, vamos tomar um momento para sintonizar o corpo e sentir os chakras trabalhando.

Para quem está começando agora esses exercícios podem parecer estranhos. Mas seguindo o fluxo e em breve, você será um especialista em chakras.

Você pode sentir os centros de energia prana muito levemente, muito intensamente ou não totalmente.

Mas lembre-se de que não importa o que acontecer, está tudo bem.

Meditação introdutória dos chakras:

  1. Primeiro, reserve um local quieto. Sente-se calmamente por um momento e respire fundo. Deixe a tensão e o estresse desaparecerem por um momento. Apenas tenha um momento com o seu corpo.
  2. Agora, leve a sua atenção para a base da sua espinha, o seu cóccix e imagine uma luz brilhante e vermelha girando. Sinta-a pulsando, rodando junto com a sua respiração. Fique assim por um tempo. 
  3. Em seguida, mova sua atenção pela coluna, para essa área alguns centímetros abaixo do umbigo. Sinta o calor desta luz brilhante e laranja girando. Novamente, repare como ela se move com a sua respiração.
  4. Agora, mova a sua atenção alguns centímetros acima do umbigo. Você provavelmente está familiarizado com a área porque é onde sentimos forte emoções como amor e medo. Repare como você sente essa luz intensa e amarela girando naquele ponto.
  5. Leve sua atenção mais para o centro do seu peito, onde está o seu coração. Esta área possui uma luz verde brilhante. Quando você é tocado ou movido, você pode instintivamente passar sua mão sobre esse ponto. Conecte-se com essa área agora.
  6. Depois leve a sua atenção para sua garganta, o mergulho entre a clavícula. Imagine uma luz brilhante e azul girando nessa área. Você pode sentir necessidade de engolir ou limpar a garganta.
  7. A seguir, mova sua atenção para o espaço entre suas sobrancelhas, seu terceiro olho. Essa área possui uma profunda luz anil. Imagine-a girando e ficando mais brilhante.
  8. Finalmente, mova a sua atenção para o topo da sua cabeça. Imagine uma vibrante e giratória luz violeta que brilha direto do topo do seu corpo. Essa luz conecta você com o universo. Sinta a paz que vem junto ao perceber essa luz.

Os 7 Chakras: Significado e símbolos


Agora que você foi apresentado aos seus chakras, vamos falar sobre o papel que cada um desempenha em sua vida.

Vamos discutir a localização e propósito de cada chakra e vamos falar sobre os sintomas que você pode experimentar quando eles estão equilibrados ou desequilibrados.  É claro, que cada discussão terminará com como tratar e como fortalecer cada chakra.

O que significam os 7 chakras?

  1. O Chakra Raiz
  2. O Chakra Sacro
  3. O Chakra do Plexo Solar
  4. O Chakra Cardíaco
  5. O Chakra Laríngeo
  6. O Chakra do Terceiro Olho
  7. O Chakra Coronário

De qual religião são os 7 chakras?

Alguns acreditam que os chakras são símbolos religiosos. Na verdade, eles não pertencem a nenhuma religião em particular.

Sabendo disso, chakras são destaques tanto no hinduísmo quanto no budismo tibetano.

Chakra Raiz – Muladhara

O primeiro chakra – Chakra Raiz – Muladhara


O nome oficial dessa chakra, Muladhara, vem das palavras Mula, que significa raiz e Dhara, que significa base.

Então, o papel deste chakra é conectar toda a sua energia com a terra, chamado de aterramento.

Quando você pensa no seu chakra raiz, pense na sobrevivência diária aqui na terra. O papel dessa energia central é oferecer tudo que você precisa para sobreviver. Para nós, da Era Moderna, isso normalmente é traduzido como segurança financeira e emocional.

Cor: Vermelho

Localização: Este chakra está localizado bem na base da sua espinha, perto do seu cóccix. Indo até abaixo do umbigo.

A sensação de equilíbrio: Quando seu primeiro chakra está equilibrado, você se sente realizado e se sente em paz quando pensa em coisas como dinheiro, segurança e abrigo.

Você se sentirá conectado à experiência humana.

Quando o chakra está hiperativo: Nosso chakra raiz é muito usado, então é normal ter um chakra raiz hiperativo.

Quando o primeiro chakra está hiperativo:

Um chakra raiz hiperativo causará ansiedade e nervosismo. Por quê? Bem, isso acontece porque o medo é baseado na necessidade de sobreviver. Esse é o papel do medo – manter-nos vivos.

Então, um chakra raiz hiperativo vai soar mensagens de sobrevivência, mesmo quando não existir ameaça real. Fisicamente, você pode ter dores na lombar e no quadril, problemas digestivos e problemas como cistos nos ovários para as mulheres ou câncer na próstata para os homens.

Equilibrando o primeiro chakra:

Em termos práticos é importante cuidar de suas necessidades de sobrevivência primeiro. E esse chakra oferece a energia para fazer isso, então utilize essa energia para melhorar suas habilidades.

Acalme este chakra se concentrando na sua conexão com o espírito. Tome um tempo de cada dia para nutrir sua alma com orações, meditações ou se conectando com guias espirituais.

Voluntariado e atos de bondade e compaixão podem guiar a energia hiperativa do seu chakra raiz para outros centros de energia no seu corpo.

Quando este chakra está inativo:

Se normalmente suas necessidades de sobrevivência precisam de cuidados, então esse chakra pode não ter sido muito ativo durante sua vida.

Se for esse o caso, você pode ter experiências frequentes de devaneios, dificuldade de concentração ou simplesmente sentir-se como se estivesse com a “cabeça nas nuvens” Algumas pessoas ainda podem dizer que você parece ser “cabeça de vento” ou “avoado”.

Isso pode não parecer, mas ser equilibrado e conectado é importante.

Energizando o primeiro chakra:

Se você se encontrar desligado da sua existência material, então o seu primeiro chakra pode precisar ser acelerado.

Você pode fazer isso reconectando-se com a terra através da natureza. Jardinagem, natação ou até mesmo se jogando nas folhas isso pode energizar o seu chakra raiz.

Chakra Sacro – Svadhishana
O segundo chakra – Chakra Sacro – Svadhishana


O segundo chakra é o Sacro ou Svadhishana que pode ser traduzido para “o lugar do eu”.

Este chakra é tudo sobre sua identidade como humano e o que você faz com ela. De todos os sete chakras, este é responsável por trazer energia criativa para ajudar a enriquecer sua vida.

O seu chakra sacro é o lar da energia criativa da sua força vital que ajuda a apreciar sua vida aqui na terra.

É a energia que te motiva a apreciar os frutos do seu trabalho, incluindo a realização de atividades prazerosas como sexo e intimidade.

Cor: Laranja

Localização: O chakra sacro está localizado abaixo do umbigo e se estende até o centro.

A sensação do equilíbrio: Quando o seu chakra está equilibrado, você irá saborear as coisas agradáveis que a vida tem para oferecer, sem exagerá-las.

Sexo, boa comida e atividades criativas serão inspiradores e agradáveis dando a você um senso de bem-estar e abundância deles.

Quando o segundo chakra está hiperativo:

O chakra sacro é muitas vezes hiperativo quando enfrentamos coisas como vícios e gula. O prazer é uma coisa boa e você nunca deve se sentir culpado por apreciar as coisas boas que a vida tem para oferecer.

No entanto, caso você se encontre apreciando coisas que são nocivas para sua alma e saúde, então provavelmente seu chakra sacro está desequilibrado.

Os sintomas incluem dependência, obesidade, desequilíbrio hormonal e inquietação.

Equilibrando o segundo chakra:

Para equilibrar seu segundo chakra, seria útil afastar a energia do prazer e enviar para o coração.

Você pode fazer isso fazendo uma simples pergunta antes de cada decisão que você tomar.

Se pergunte, “O que estou preste a fazer me fará bem? Isso é saudável e nutritivo? Quais são os benefícios dessa decisão que estou preste a tomar?

Ter um tempo para se perguntar se suas decisões são saudáveis, é um ótimo jeito de afastar a energia desse chakra.

Quando o segundo chakra está inativo:

Se você passou muito tempo se concentrando em coisas práticas sem apreciar dos frutos do seu trabalho, seu chakra pode estar inativo. Os sintomas incluem depressão, impotência, diminuição do desejo sexual e a falta de paixão e criatividade.

Energizando o segundo chakra:

Energizar o seu segundo chakra é divertido. Em poucas palavras – aproveite a vida! Crie uma obra de arte. Como lanches saudáveis e gostosos. Faça amor com seu parceiro.

Tome um tempo para você mesmo e aprecie os presentes que a terra tem a oferecer.

Chakra do Plexo Solar – Manipura

O terceiro chakra – Chakra do Plexo Solar – Manipura


O terceiro chakra é o Plexo Solar ou Manipura que pode ser traduzido como “jóia brilhante”. Nesse chakra é onde nasce a autoconfiança, a identidade e a força pessoal.

Por acaso você já esteve em uma situação onde você sabia que não era a melhor para você? Em qual lugar do seu corpo você sentiu esse sinal?

A maioria das pessoas dizem sentirem esse sinal no “intestino”.

Na realidade, esse é o cerne da força pessoal, seu plexo solar, e você pode sentir fisicamente a confiança e a sensatez nesse local.

Cor: Amarelo

Localização: O plexo solar começa no centro do umbigo e vai até o esterno ou onde os dois conjuntos da costela se ligam no centro do seu peito.

A sensação do equilíbrio: Quando o seu terceiro chakra estiver equilibrado, você sentirá a sensatez, determinação e poder pessoal.

Muitos o chamam de o chakra guerreiro, como o sentimento que você recebe dele é comparado a um sábio guerreiro que vai para a batalha.

Ele tem a confiança para ganhar e a sensatez para saber a verdade pessoal pela qual ele luta.

Quando o terceiro chakra está hiperativo:

O chakra plexo solar torna-se hiperativo quando o poder que nós temos sobre nossas vidas se estende sobre a vida dos outros.  Quando esse chakra é muito energizado, você pode rapidamente sentir raiva, a necessidade de controlar e microgerenciar, ganância, falta de compaixão e empatia.

Você pode sofrer de problemas digestivos ou mesmo desequilíbrios dos órgãos internos, como o apêndice, pâncreas, fígado e rins.

Equilibrando o terceiro chakra:

Para equilibrar o terceiro chakra, tente abrir seu coração com amor e compaixão. Medite enviando amor e bondade para o seu coração e para todos ao redor de você. Concentre-se no poder que você tem e se veja como um farol de amor.

Quando o terceiro chakra está inativo:

Quando a nossa força pessoal é tirada de nós por outra pessoa ou através de circunstâncias atenuantes, podemos ficar com uma falta de energia no terceiro chakra.

Se isso acontecer, você pode sentir-se indeciso, inseguro, tímido e carente.

Energizando o terceiro chakra:

Para energizar seu Plexo Solar pense em coisas nas quais você sabe em que é bom. Afinal, todo mundo tem talentos e capacidades

Faça uma lista das suas. Sinta como a confiança nesses talentos faz o seu estômago vibrar. Fortaleça esse sentimento criando suas próprias afirmações pessoais.

Chakra Cardíaco – Anahata

O quarto chakra – Chakra Cardíaco – Anahata


O quarto chakra é o Cardíaco ou Anahata, que pode ser traduzido como “ileso”. Esse chakra é onde são energizados o amor, compaixão e bondade.

Não é difícil entender esse chakra.

Todos nós associamos nosso coração com o amor e é exatamente sobre isso que o quarto chakra fala. Incluindo o amor próprio e pelos outros é por isso que esse chakra é também associado com a saúde e o tratamento.

Cor: Verde

Localização: O centro do chakra cardíaco está localizado sobre o seu coração e irradia desde o seu esterno até sua garganta. É o intermediário dos 7 chakras e está conectado com os chakras superiores (o céu) e com os chakras inferiores (o mundo físico).

A sensação do equilíbrio: Quando seu quarto chakra está equilibrado, você é capaz de sentir amor próprio e pelos outros. Mesmo em situações difíceis você continuará vendo compaixão e bondade nos outros.

Quando o quarto chakra está hiperativo:

Quando o chakra cardíaco começa a ficar hiperativo, perdemos os nossos limites pessoais e começamos a fazer escolhas ruins, tudo em nome do amor.

É importante tratar-se com a mesma compaixão e bondade que você dá aos outros, mas quando o chakra cardíaco está hiperativo você encontra-se sempre colocando as necessidades dos outros antes das suas.

Os sintomas incluem ritmo cardíaco acelerado, palpitações, azia e problemas de relacionamento interpessoal.

Equilibrando o quarto chakra:

Equilibrar seu quarto chakra significa pegar o amor que você dá aos outros e colocar parte dele em você mesmo. E você pode fazer isso, se todo os dias fizer uma coisa só para você, como:

  • Tomar um banho relaxante
  • Fazer uma massagem
  • Meditar enviando compaixão para si mesmo

Quando o quarto chakra está inativo:

Muitas pessoas têm um quarto chakra inativo. A vida pode enviar-nos muitas mágoas como forma de ensinar lições sobre nós mesmos e sobre o mundo ao nosso redor. Mas pode ser difícil não levar essas lições ao pé da letra.

Quando seu chakra cardíaco está inativo você sente dificuldade em se aproximar de alguém.

É como construir um muro em volta do coração e não deixar ninguém passar. Fisicamente, você se sente desconectado do seu próprio corpo é como se ele estivesse dormente.

Energizando o quarto chakra:

Energizar seu chakra cardíaco pode dar muito trabalho.

Quando trabalhamos duro para construir nossos muros e defesas, se torna difícil derrubá-las. Mas isso pode começar com o amor próprio.

Se valorize e dê a si mesmo o amor que você quer receber dos outros. Então, espalhe essa compaixão para aqueles que te rodeiam.

Chakra Laríngeo – Vishuddha

O quinto chakra – Chakra Laríngeo – Vishuddha


O quinto chakra é o Laríngeo ou Vishuddha que pode ser traduzido como “muito puro”.

Esse chakra dá voz à suas verdades pessoais.

Então, de onde a sua voz vem?

O que te dá energia para falar?

No sentido físico, a resposta é a garganta, mas no sentido energético essa energia vem do seu quinto chakra. Esse chakra te permite dizer a verdade com clareza.

Descansando bem acima do coração, o chakra laríngeo está conectado com a compaixão e o seu amor próprio e pelos outros.

Cor: Azul

Localização: O chakra laríngeo está bem entre os ossos da clavícula e irradia para o centro do coração e dos olhos.

A sensação do equilíbrio: Quando o seu chakra está equilibrado, você será capaz de se comunicar claramente com o amor, a bondade e a verdade.

Na verdade, você saberá exatamente que palavras são apropriadas para cada situação. E se comunicar com um chakra laríngeo equilibrado irá esclarecer e inspirar aqueles ao seu redor.

Quando o quinto chakra está hiperativo:

O nosso quinto chakra está hiperativo quando tentamos por muito tempo fazer ouvir a nossa voz.

Se você se sente ignorado ou invalidado quando você tenta se expressar, você pode tentar dar a si mesmo uma voz mais alta.

Quem normalmente tem o chakra laríngeo hiperativo muitas vezes interrompe os outros e lhe é dito que tem uma voz muito alta ou que “ama ouvir a própria voz”.

Fisicamente, você pode sofrer de dor de garganta, infecções frequentes, cáries ou aftas.

Equilibrando o quinto chakra:

Equilibrar seu quinto chakra é tão fácil como pensar antes de falar.

Pegue essa fala de Buda e antes de dizer alguma coisa se pergunte:

 É VERDADE? É NECESSÁRIO? É GENTIL?

Quando o quinto chakra está inativo:

Às vezes já fomos ignorados e invalidados tantas vezes que reagimos da maneira oposta – calamos as nossas vozes e nunca dizemos mais nada.

Se você tem um chakra laríngeo inativo, você já deve ter sido chamado de tímido ou quieto. E você pode se encontrar incapaz de expressar suas emoções ou caçando palavras quando você tenta falar.

Os sintomas normalmente incluem problemas digestivos, porque a energia desviada do chakra laríngeo muitas vezes acaba sendo “engolida” ou enviada para o terceiro chakra.

Energizando o quinto chakra:

Diga o que você quiser!

Mesmo que não tenha ninguém para te ouvir, pratique expressar suas emoções e verdades pessoais quando você estiver sozinho.

É muito comum pensarmos que devemos apenas falar quando alguém estiver ouvindo, mas se você estiver tentando energizar o quinto chakra, não importa se você não tiver ninguém para te escutar além de você mesmo.

O Terceiro Olho – Ajna
O sexto chakra – O Terceiro Olho – Ajna


O sexto chakra é o Terceiro Olho ou Ajna que pode ser traduzido como “além da sabedoria”. Esse chakra abre sua mente para a informação além do mundo material e dos cinco sentidos.

Percepção extra-sensorial, intuição e energia psíquica, tudo isso veio do terceiro olho.

Na verdade, tem uma pequena glândula em formato de pinha no seu cérebro que recebe luz. Essa glândula, a glândula pineal, é responsável por te ajudar a ficar acordado durante o dia e sonolento durante a noite.

Muito antes da neuroimagiologia, as culturas antigas sabiam que esse Terceiro Olho existia e perceberam que ele recebia informações de fontes fora dos cinco sentidos.

Cor: Anil

Localização: O terceiro olho está entre as sobrancelhas. Irradia para a boca e para o topo da cabeça.

A sensação do equilíbrio: Um terceiro olho equilibrado é uma coisa linda, é o que o objetivo de quem tenta alcançar o desenvolvimento espiritual.

Quando seu chakra do terceiro olho está equilibrado, você se sente em sintonia tanto com o mundo físico quanto com o material. Você vai receber tanta informação psíquica quanto você recebe dos seus cinco sentidos, mas não será sobrecarregado.

Quando este chakra está hiperativo:

Comparando com todos os outros, é muito improvável que o sexto chakra seja hiperativo.

A maioria está tão em sintonia com a realidade física que encontra dificuldade para receber informações do outro lado.

Sendo assim, se o seu terceiro olho estiver hiperativo, é porque você passou muito tempo envolvido em atividades psíquicas como leituras de cartas de tarô, astrologia e experiências paranormais

Quando o seu terceiro olho está hiperativo, essas atividades tornam-se insuportáveis e te distraem de viver uma experiência humana.

Equilibrando o sexto chakra:

Se você se encontrar consumido por informações psíquicas, leva um tempo para lembrar-se que você pertence a terra.

Vá para à praia e sinta a areia nos pés. Mexa no jardim. Se conecte com a terra e repita:

“EU SOU UM SER HUMANO SOU UMA OBRA HUMANA.”

Quando o sexto chakra está inativo

Muitas pessoas têm o sexto chakra inativo.

Vivemos em um mundo que muitas vezes suprime o desenvolvimento intuitivo.

Por causa disso, fechamos nosso Terceiro Olho e ignoramos nossas experiências psíquicas. Fazer isso passa a sensação de estarmos desconectados das experiências espirituais. Fisicamente você pode sentir dores de cabeça ou ter problemas com alergias ou sinusite.

Energizando o sexto chakra:

Para energizar o terceiro olho vai precisar de um pouco de prática. Você precisará dedicar um tempo para o silêncio, a meditação solitária. Primeiro, acostume a se concentrar em sinais fora do seu corpo físico.

Escute seu espírito e identifique como ele se sente. Conforme você for praticando, ficará mais fácil se conectar com a energia do seu Terceiro Olho.

Coronário – Sahaswara
O sétimo chakra – Coronário – Sahaswara


O sétimo chakra é o Coronário ou Sahaswara, que pode ser traduzido como “mil pétalas”. Este chakra é pura energia da consciência.

O Chakra Coronário é uma dessas energias difíceis de explicar.

Você pode pensar como um magnetismo.

Quando você segura um pedaço de metal você pode sentir a energia e a tensão, mas você não pode vê-lo. A energia da consciência está em todas as coisas e em todos os lugares. Nos conecta com todo o universo.

Nossa própria consciência está no sétimo chakra, mas isso é mais como a semente da energia universal do que algo pessoal ou individual.

Cor: Violeta – Branco 

Localização: A chakra coronário está no topo da cabeça e irradia para o centro dos nossos olhos e então estende-se infinitamente para cima e para fora, te conectando com a energia do universo.

A sensação do equilíbrio: Alcançar o equilíbrio do chakra coronário é o objetivo de todo guerreiro espiritual e não é fácil de se fazer. Você pode pensar nisso como o conceito budista de alcançar o nirvana.

E uma vez que você consegue, você já não é mais humano – você venceu o sofrimento e a morte.

É claro que a jornada de tentar alcançar o equilíbrio que traz felicidade, boa saúde e sabedoria. Tentar alcançar o sétimo chakra fará todos os outros chakras se alinharem e se equilibrarem.

Quando o sétimo chakra está hiperativo:

Não é possível ter um chakra coronário hiperativo.

Porque é o cerne da energia universal, é inatamente infinita. Em outras palavras, você não pode existir no mundo material e ser superior com a energia da consciência.

Equilibrando o sétimo chakra:

Como ninguém tem um chakra coronário hiperativo não existe a necessidade de considerar como acalmar a energia.

Quando o sétimo chakra está inativo:

Um sétimo chakra inativo significa que você é humano.

É exatamente como ser humano. Algumas pessoas estão mais perto de alcançá-lo do que outras. Em qualquer caso, praticar o desenvolvimento espiritual e equilibrar seus outros chakras irá te aproximar de experimentar a energia da consciência no seu chakra coronário.

Energizando o sétimo chakra:

Ao contrário de tentar abrir e ativar seu chakra coronário, foque e equilibre os outros seis.

Medite, conecte-se com o espírito e equilibre essas atividades com viver e apreciar sua experiência humana.

Pense nisso como se você estivesse tentando ganhar a medalha de ouro olímpica. Você não pode simplesmente tentar ganhar a medalha, você tem que treinar seu corpo e mente primeiro. A única maneira de alcançar um objetivo tão grande é concentrando-se primeiro em objetivos pequenos e alcançáveis.

Como abrir os 7 chakras?


Chakras podem ficar obstruídos e causar inúmeros problemas no seu cotidiano. Para que você consiga recuperar o equilíbrio energético, aqui estão algumas dicas de como abrir seus chakras.

Meditação

A meditação pode ser a ferramenta mais poderosa para abrir os chakras. A meditação dos chakras é calmante e pode melhorar a qualidade geral da sua vida.

Aqui está um guia para meditação dos chakras que pode te ajudar durante sua jornada.

Usando mudras e mantras

Mudras são gestos específicos que ajudam a abrir os chakras. Estas são uma adição perfeita à meditação, experimente-as.

Mantras são sons, palavras ou frases que você pode entoar durante a meditação.

Cada chakra tem o seu próprio conjunto de mudras e mantras, não tenha medo de experimentá-los e ver como você se sente.

Pedras dos Chakras

Cristais são ferramentas poderosas para abrir os chakras.

Quando interagimos com eles, a nossa energia e a energia dos cristais se combinam e afetam a nossa saúde mental e física.

Usando esses cristais podemos possibilitar o movimento energético e a abertura dos nossos chakras.

Quais são as pedras para os 7 chakras?

Felizmente, não é difícil “desobstruir” os chakras. Aqui estão algumas pedras que podem ajudar:

  1. O Chakra Raiz – Ametista, Ônix e Quartzo fumado
  2. O Chakra Sacro – Olho de tigre e Pedra do sol
  3. O Chakra do Plexo Solar – Jasper vermelho e Pirita
  4. O Chakra Cardíaco – Quartzo rosa e Aventurina
  5. O Chakra Laríngeo – Água-marinha e Sodalita
  6. O Chakra do Terceiro Olho – Ametista, Fluorita e Cordierita
  7. O Chakra Coronário – Quartzo branco, Ametista e Pedra da lua

Aprenda quatro técnicas simples, mas poderosas, para explorar seu corpo espiritual e alinhar seu mundo físico para obter mais saúde, abundância, amor, paz interior e clareza.
Masterclass com Jeffrey Allen

Agora você compreende melhor os chakras, onde eles estão e como equilibrá-los.

by Mindvalley
A nossa missão é ensinar sabedoria e ideias transformadoras que nosso sistema educacional ignora. Somos a maior plataforma de crescimento pessoal do mundo, oferecemos cursos de nível internacional dos principais autores e marcas de crescimento pessoal do mundo para permitir que você crie transformações incríveis em todas as áreas da sua vida.

Artigos e tutoriais sobre Liés